Empilhadores autónomos da Linde Material Handling com tecnologia de controlo a laser.
Desempenho inteligente através da geonavegação precisa

Equipamentos automatizados

Funcionamento contínuo sem condutor

O futuro pertence aos equipamentos de logística autónomos. Conseguem a sua rentabilidade máxima quando o objetivo é a movimentação de muitos produtos ou a execução de outras tarefas de logística repetitivas. Por isso, com a série MATIC, a Linde Material Handling disponibiliza uma gama de empilhadores elétricos, porta-paletes, stackers e tratores de reboque de tecnologia sofisticada para a área da intralogística.

A operação sem condutor, tanto para equipamentos individuais como para o funcionamento de frotas adaptado, é possível para quase todas as áreas de aplicação da indústria e do comércio. Os equipamentos automatizados não estão sujeitos a uma operação em turnos, o que aumenta consideravelmente a rentabilidade. Adicionalmente, a sua movimentação mais precisa significa menos danos operacionais e um maior fluxo de material.

Trata-se de modelos de empilhadores comprovados de qualidade Linde, equipados com as tecnologias inteligentes de navegação e segurança dos especialistas em robótica Balyo. Toda a série pode também ser facilmente manobrada através de um comando manual convencional.

automated_truck-loading-retail-4291_0649

Palavra-chave: geonavegação

Os equipamentos de logística autónomos da Linde são controlados através do sistema de geonavegação desenvolvido pela Balyo. Através deste, os empilhadores têm uma perceção detalhada do seu ambiente e asseguram uma interação segura com as pessoas enquanto robôs colaborativos, os chamados “cobots”. Na versão padrão, o sistema consiste em quatro sensores a laser óticos, os quais sondam o ambiente em todas as direções, até a uma distância de 30 metros. Adicionalmente, uma câmara 3D, instalada no ponto mais alto do chassis do equipamento, monitoriza os acontecimentos em todo o redor.

Os fluxos de dados dos dois sistemas de deteção são processados de forma central, permitindo a coordenação de cada equipamento com outros veículos autónomos e, consequentemente, uma movimentação segura, mesmo em espaços muito limitados. Sistemas técnicos externos, tais como trilhos de guia montados no piso ou refletores de luz, tornam-se dispensáveis para fins de orientação e controlo. No caso de ambientes novos, por exemplo, em armazéns diferentes, os equipamentos recartografam a sua área de aplicação. Além disso, também conseguem comunicar com portões de pavilhões ou tapetes transportadores, bem como com aplicações da empresa, tais como sistemas de gestão de mercadorias, através das interfaces de dados.

LINDE_robotics_Testimonial_Wolf_EN_tn

Trabalho seguro junto das pessoas

Os equipamentos de logística autónomos da Linde funcionam com segurança. Os empilhadores e os porta-paletes sem condutor são controlados de uma forma tão exata que permite uma colaboração direta com pessoas, sendo que os equipamentos podem ser desativados a qualquer momento através de interruptores de paragem de emergência. O seu sistema sensível de localização analisa as imediações ao mais pequeno detalhe, reagindo de forma inteligente a estas. Desta forma, não deteta apenas pessoas e equipamentos, parados ou em movimento, como também obstáculos inesperados, tais como paletes que caíram. O comando inteligente trava os empilhadores apenas na medida em que é necessário devido ao bloqueio momentâneo da via de circulação. Assim que o obstáculo detetado tiver sido removido ou deslocado, os equipamentos MATIC retomam autonomamente o processo de trabalho.

Facilidade de utilização para um manuseamento simples

Todos os empilhadores e porta-paletes autónomos estão equipados com um ecrã LED táctil de 7 polegadas, disposto de forma central e bem visível. Oferece todas as informações necessárias num só relance. Apresenta, por exemplo, o percurso planeado e o estado atual da bateria. As tarefas de logística atuais são comunicadas em tempo real, bem como o seu estado de execução. Através de um código PIN é possível aceder a todas as informações de assistência técnica dos equipamentos e ler os dados através de uma entrada USB.

Rentabilidade através de uma coordenação perfeita

Sobretudo no caso de processos uniformes e repetitivos, os equipamentos de logística de deslocação autónoma são mais económicos do que os empilhadores com condutor. Estes podem ser integrados, sem interrupção, numa operação de 24 horas por dia com vários turnos. Adicionalmente, os equipamentos de controlo autónomo conseguem adaptar-se na perfeição uns aos outros no que diz respeito ao seu percurso e velocidade. Isto permite aumentar de forma otimizada os fluxos de material, bem como reduzir ao máximo o consumo de energia dos equipamentos de logística. Além disso, está comprovado que os empilhadores autónomos causam muito menos danos em estanterias, cargas, paletes ou noutros equipamentos, visto que a sua navegação é mais precisa do que na versão com condutor.

A intralogística autónoma é promovida

A médio prazo, os armazéns e os seus equipamentos de logística tornar-se-ão numa unidade integrada no âmbito da digitalização industrial. A intralogística também se aproximará mais da logística externa. Do ponto de vista atual, os empilhadores e os porta-paletes sem condutor vão estar ainda mais interligados em rede com o seu ambiente de aplicação.

Isto implica uma coordenação ainda mais versátil entre “cobot” e colaboradores humanos, ou uma integração ainda maior no sistema de gestão de mercadorias. No entanto, com a operação alargada de armazéns sem condutores aumentam também as exigências no que diz respeito à interligação em rede de frotas e à eficiência energética dos equipamentos de aplicação. A Linde contribui para o desenvolvimento destas áreas.

5 x mais potência

Mais inteligentes

O sistema de geonavegação “Driven by Balyo” torna os empilhadores e porta-paletes autónomos da Linde em equipamentos de logística precisos, com uma elevada capacidade de movimentação de cargas.

Mais seguros

Os empilhadores de controlo autónomo reconhecem com precisão o seu ambiente e reagem em conformidade. Desviam-se de estruturas, de outros equipamentos e de pessoas com mais segurança.

Mais económicos

Os equipamentos autónomos da Linde são extremamente económicos. Não são limitados por turnos, pelo que estão disponíveis 24 horas por dia.

Mais robustos

A série de empilhadores autónomos baseia-se nos modelos robustos e comprovados da Linde, equipados com um controlo robótico inteligente.

Mais precisos

Os equipamentos autónomos da Linde praticamente que não causam danos, uma vez que funcionam de uma forma mais precisa do que os empilhadores com condutor e anulam o fator de erro humano.

Equipamentos personalizados

Nenhum empilhador autónomo da Linde segue princípios rígidos no que diz respeito ao equipamento. Todos os modelos são fornecidos com características adicionais opcionais para além do equipamento de série. Estas incluem funções de navegação adicionais, tais como uma cortina laser 2D e sensores adicionais laterais baseados em lasers. O equipamento especial da série de empilhadores autónomos da Linde abrange não só baterias de diferentes tamanhos, bloqueios de baterias autenticados eletronicamente, leitores de códigos de barras e garfos de carga ajustáveis de forma hidráulica, como também diferentes motores de acionamento e de elevação ou uma limitação programável da altura do mastro.

automated_truck-towing-retail-4291_D