porta-paletes elétrico
Porta-paletes manual ou porta-paletes elétrico

Qual deles é o mais adequado às suas necessidades? Diferenças e aplicações

Neste artigo vamos abordar um dos mais simples e básicos equipamentos de movimentação, mas que não passa despercebido devido à sua grande utilidade em zonas logísticas, principalmente, comerciais: os porta-paletes.

Encontramos uma variedade muito pequena deste tipo de equipamentos, mas extremamente eficiente. Por um lado, estão disponíveis porta-paletes elétricos e, por outro, porta-paletes manuais, e embora ambos sejam muito versáteis, diferem em muitos aspetos que iremos conhecer hoje.

Qual é o porta-paletes mais adequado às suas necessidades?

Se tem um armazém ou uma área comercial e precisa de transportar, carregar e descarregar mercadorias, é evidente que precisa de um porta-paletes, mas é útil um porta-paletes manual ou precisa de investir numa máquina elétrica?

Antes de mais, deve considerar para que servem estas máquinas e se são o que realmente precisa para o seu armazém.

Como dissemos, são versáteis, utilizados para carga e descarga de mercadorias em camiões, para o transporte de paletes em curtas distâncias e como complemento de apoio a numerosas tarefas de recolha. Se tiver uma doca de carga ou elevador de camiões e não precisar de empilhar a mercadoria, será também o seu aliado perfeito. Será capaz de carregar e descarregar graças a eles. Se também precisar de empilhar a mercadoria, então deve optar por um empilhador em vez de um porta-paletes.

Mas, para além disso, os porta-paletes são o aliado perfeito para outros tipos de máquinas, tais como equipamento de elevação, sendo colocados em posições onde as unidades de carga estão de modo a que os empilhadores, contrapesados , transelevadores ou retrácteis possam recolher e colocar a mercadoria no seu local indicado.

O porta-paletes é, sem dúvida, o requisito de qualquer armazém

Todas estas aplicações tornam o porta-paletes um instrumento essencial em quase todas as operações, porque, além do mais, é de notar que não têm um custo de aquisição elevado em comparação com as possibilidades operacionais.

Dizemos que os porta-paletes são o essencial de qualquer armazém porque essa versatilidade dá-lhes infinitas possibilidades que, com outras máquinas, não se poderiam resolver.

Por exemplo, em curtas distâncias, a chave está no desempenho que o veículo de transporte com o qual trabalha pode dar-lhe. Neste caso, o porta-paletes deve estar preparado para superar diferentes deficiências num prazo muito curto, tais como: superfícies e corredores estreitos, subidas íngremes e outros locais onde é total a recolha e transporte de uma carga.

Talvez uma das soluções para resolver estes desafios num ambiente onde a prontidão, o rigor e a precisão regem, seja a agilidade. É por isso que os porta-paletes compactos e precisos fornecem o valor que outras máquinas não têm.

Diferenças entre um porta-paletes elétrico e um porta-paletes manual

Ao comprar um porta-paletes, o dilema entre elétrico e manual é tradicional, e embora a decisão deva ser motivada por uma análise detalhada que ajuste a decisão às necessidades e falhas de cada operação, podemos distinguir características claras que podem ajudá-lo a fechar o leque de possibilidades.

Porta-paletes manuais

Ao contrário do que se poderia pensar, os manuais são muito simples, mas para certas operações são muito úteis.

Estamos a olhar para um modelo com garfo duplo, uma pega simples com um travão e três rodas para movimento.

Um aspeto importante a avaliar é a capacidade de carga. No caso dos manuais, suportam geralmente até 3.000 quilos, embora este valor possa variar consoante o fabricante e as funcionalidades.

Quanto ao sistema de elevação, é completamente mecânico, uma vez que a elevação é feita por um sistema hidráulico que é ativado manualmente.

Vantagens de um porta-paletes manual

• São as máquinas mais utilizadas devido à sua funcionalidade, versatilidade e relação qualidade/preço.

• Os custos de manutenção são drasticamente reduzidos devido ao facto de o desgaste ser mecânico e não elétrico, de modo que, se sofrerem uma avaria, a sua reparação é mais simples e mais imediata, estando ao alcance até do próprio operador.

• São muito fáceis de manipular.

• Com eles pode transportar qualquer tipo e tamanho de palete, graças à versatilidade que os caracteriza.

• São extremamente resistentes, duram muito tempo e resistem a anos de utilização.

Desvantagens de um porta-paletes manual

• Requerem um esforço por parte do operador e isto irá certamente gerar fadiga no operador, pelo que os turnos de utilização devem ser curtos e alternados.

• Como resultado, o operador poderá mesmo sofrer ferimentos devido ao uso da força para os levantar.

• Têm limitação de peso.

En términos generales, valora que las manuales son sencillas, eficaces, diseñadas para un uso en horizontal y para carga unitaria.

Pensadas para manutención, requieren distancias cortas y, aunque poca inversión inicial, son menos eficientes que las eléctricas y necesitan que la persona que la manipula ejerza fuerza sobre ellas.

Porta-paletes elétricos

Tão versátil e simples como os manuais, os porta-paletes elétricos são conhecidos como a evolução do conceito anterior, porque, se o que se precisa é de um trabalho mais contínuo, talvez eles sejam mais convenientes.

Neste caso, para além de ocuparem pouco espaço no armazém, podem transportar rapidamente cargas pesadas, cobrir distâncias maiores do que a sua versão manual e oferecer uma autonomia de cerca de 10 horas de trabalho

Vantagens de um porta-paletes elétrico

• O principal benefício desta máquina é a ergonomia e a saúde do operador, que não tem de fazer um esforço físico e, portanto, terá menos probabilidades de sofrer lesões durante a utilização.

• São especialmente concebidos para percorrer longas distâncias a uma excelente velocidade, o que poupa tempo.

• A personalização deste produto é muito notável. Há muitas variedades e gamas e isso faz com que encontre uma bastante ajustada às suas necessidades e operações. Dependendo dos percursos e dos tempos de utilização, o condutor pode andar, numa plataforma fixa ou dobrável ou mesmo sentar-se.

Desvantagens de um porta-paletes elétrico

• Precisará de formar os seus trabalhadores, pois eles tornar-se-ão operadores quando começarem a utilizá-los, uma vez que podem deslocar-se com eles.

• O custo de manutenção é mais elevado devido à sua natureza elétrica.

• O investimento inicial é superior ao seu conceito manual.

Embora os porta-paletes manuais também estejam disponíveis, os porta-paletes elétricos oferecem geralmente um maior número de características adicionais,

tais como diferentes tamanhos de garfos, rodas mais silenciosas, grelhas de proteção para a carga ou equipamento de armazém refrigerado, entre outras.

Neste caso, peça ao seu fornecedor para se informar sobre toda a gama de equipamento que oferecem.

Mais uma vez, a para fazer a melhor escolha, temos de analisar cuidadosamente as nossas necessidades comerciais e operacionais. Ambos os tipos de porta-paletes proporcionam grandes benefícios para um pequeno investimento. Contudo, este custo não implica uma baixa qualidade do produto, uma vez que este tipo de equipamento de movimentação está sujeito a uma grande atividade nas operações diárias.