Stacker Linde
4 ou 5 pontos de apoio?

Resolve um dos grandes dilemas do setor dos empilhadores

O conceito de estabilidade em equipamento de intralogística não é fácil de compreender e por vezes não é transparente para o cliente. No entanto, os pontos de apoio desempenham um papel essencial no funcionamento dos empilhadores e muitas vezes determinam a sua utilização.

É por isso que hoje poderá eliminar dúvidas quanto ao significado dos pontos de apoio, onde se encontram, que diferenças físicas e técnicas existem entre ter 4 ou 5 pontos de apoio, o que essa distinção implica e porque deve tê-la em conta ao escolher o seu equipamento de intralogística.

O que são os pontos de apoio?

Os pontos de apoio nos empilhadores são formados pelas diferentes rodas com as quais o empilhador é estabilizado: a roda motriz, as rodas estabilizadoras ou de suspensão (cujo número depende da localização da roda motriz) e as rodas ou rolos de carga. Estes últimos estão localizados nos próprios garfos.

Os pontos de apoio nos empilhadores são formados pelas diferentes rodas com as quais o empilhador é estabilizado: a roda motriz, as rodas estabilizadoras ou de suspensão (cujo número depende da localização da roda motriz) e as rodas ou rolos de carga. Estes últimos estão localizados nos próprios garfos.

Onde se encontram cada uma delas?

  • Rodas de carga: estas estão localizadas nos garfos e estarão sempre em qualquer modelo.
  • Roda motriz: Esta é a roda que fornece a força e permite que o veículo se mova. Está localizado no núcleo e a sua disposição depende de ter 4 ou 5 pontos de apoio.
  • Rodas de suspensão/estabilizador: são duas e estão sempre localizadas de um lado ou simetricamente de ambos os lados da roda de motriz.

Para tornar mais claro, visualize as rodas motriz e suspensão nesta imagem, onde se pode ver onde estão localizadas e qual é a diferença, a priori, entre ter duas ou três:

Triângulo ou pentágono? Pense se o importante é assegurar a estabilidade ou a tração

A variação vai estar sempre na roda motriz.

Se olhar, a opção com 5 pontos de apoio faz um pentágono (não regular) e a opção com 4 cria um retângulo. Vamos chamar a estas zonas de estabilidade.

Para ser mais exato, sirva-se da imagem abaixo para a compreender melhor:

5_puntos_16x9w640

A configuração de 5 pontos será indicada quando a roda motriz estiver centrada e os estabilizadores estiverem de cada lado simetricamente. Desta forma, conseguiremos o pentágono de estabilidade, o peso do centro de gravidade cai melhor na vertical da roda de motriz e, portanto, teremos mais tração em terreno potencialmente escorregadio.

Nos 4 pontos de apoio, a roda motriz está fora do centro e as rodas estabilizadoras (2, mas vamos considerá-las com apenas um ponto de apoio), irão formar o retângulo. Alcançaremos uma maior estabilidade ao colocar cargas a maiores alturas.

Empilhador - 4 pontos de apoio

Uma vez que o que se deve ter em conta é o que significa ter 4 ou 5 pontos de apoio, vamos considerar as principais funcionalidades:

  • Estabilidade em altura: se a sua operação exige que movimente mercadorias a grandes alturas e esta é uma atividade que faz muito frequentemente, então precisa de um veículo com 4 pontos de apoio onde a roda motriz esteja fora do centro.
  • Maior tração: se a sua principal necessidade é manter o veículo em movimento durante muito tempo, longos turnos, muitas viagens e precisar de maior tração devido a pisos escorregadios, precisará de 5 pontos de apoio.

Em suma, deve ter em conta que alguns fabricantes têm geralmente o mesmo modelo de empilhador com 4 ou 5 pontos de apoio, pelo que tem de prestar atenção para escolher o que a sua intralogística realmente requer.

Se o que precisa é de maior estabilidade para operações em altura, pode contar com os modelos de camiões de 4 pontos para tirar o máximo partido deles. Mas se a sua atividade requer muito movimento e precisa de tração, o apoio de 5 pontos será o seu aliado.