A Linde Material Handling apresenta os seus novos empilhadores para corredor estreito

20/out/2017

Os empilhadores da nova série K da Linde Material Handling cativam os clientes com alturas de elevação de até 18 metros, uma ergonomia melhorada, assim como um rendimento e segurança significativamente melhorados.

O aumento dos requisitos de armazenamento e a subida dos preços imobiliários implicam que as empresas de uma ampla variedade de sectores se enfrentem à questão de como utilizar de forma ideal o valioso espaço de armazenamento. Quando se procura uma resposta, a vista dos especialistas em logística direciona-se cada vez mais para cima, para além dos 17 metros de altura. Como resultado, estão a aumentar as necessidades de equipamentos de armazém devido ao facto dos operadores de armazém terem que ser capazes de confiar de maneira definitiva na ergonomia, a eficácia e a segurança, particularmente quando se trabalha a grandes alturas de elevação. Aqui é exatamente onde entram os novos empilhadores combi para corredores muito estreitos da Linde. A testada série K foi decisivamente melhorada em muitos aspetos.

Valor acrescentado: mais precisão, segurança e eficiência

A nova geração de empilhadores K oferece um considerável valor acrescentado em termos de rendimento: por exemplo, o elevador principal para a cabina do operador e o elevador secundário para o garfo podem subir e descer em simultâneo. A vantagem resultante: o operador e o garfo alcançam a posição desejada mais rapidamente, o que aumenta significativamente a produtividade. Além disso, os novos empilhadores combi VNA da Linde podem operar-se agora a alturas de até 18 metros - com inclusivamente uma maior segurança garantida. Isto deve-se principalmente a uma inovadora tecnologia chamada DynamicReach Control (DRC). Um motor elétrico com rápida capacidade de reação compensa as oscilações do mastro através de contramovimentos controlados. O operador não tem que esperar até que o mastro deixe de balançar quando recolhe ou movimenta paletes e portanto pode colocar a carga nas estantes com maior rapidez e precisão. Graças a uma união completamente nova e ao sistema Dynamic Reach Control, o rendimento no armazém pode aumentar até 25 por cento em comparação com um sistema sem sensores opcionais de reconhecimento de carga.

Melhor visibilidade e conforto para o operador

Um segundo exemplo de valor acrescentado e de rendimento é a cabina do operador, que agora é 50 milímetros mais baixa que nos modelos anteriores e – além de uma altura de entrada inferior – oferece aos operadores mais altos um espaço para as pernas bastante maior e mais liberdade de movimentos. Também existem numerosos compartimentos para guardar objetos pessoais e um suporte para garrafas de 1,5 litros a bordo. O para-brisas dianteiro, que foi aumentado em 80 milímetros para baixo, proporciona melhor visibilidade (20 por cento mais) do garfo e da carga. Isto ajuda de maneira eficaz a evitar danos em estantes e mercadorias.

Um segundo exemplo de valor acrescentado e de rendimento é a cabina do operador, que agora é 50 milímetros mais baixa que nos modelos anteriores e – além de uma altura de entrada inferior – oferece aos operadores mais altos um espaço para as pernas bastante maior e mais liberdade de movimentos. Também existem numerosos compartimentos para guardar objetos pessoais e um suporte para garrafas de 1,5 litros a bordo. O para-brisas dianteiro, que foi aumentado em 80 milímetros para baixo, proporciona melhor visibilidade (20 por cento mais) do garfo e da carga. Isto ajuda de maneira eficaz a evitar danos em estantes e mercadorias.

Como não existem dois armazéns iguais, a Linde confia na modularidade máxima para a sua última geração de empilhadores VNA. Por exemplo, os clientes podem escolher entre 64 variações diferentes de mastro de elevação ou podem selecionar uma das dez larguras de cabina em duas versões diferentes, dependendo dos requisitos individuais que se devam cumprir nas suas instalações. Nenhum outro fabricante oferece atualmente uma variedade de opções comparável neste segmento.

Gabinete de Imprensa

Edgar Santos

Gabinete de Imprensa

Paulina Calderón Suárez