Os novos empilhadores elétricos da Linde Material Handling atingem o nível de desempenho dos empilhadores com motor de combustão interna

17/nov/2021

Os novos modelos de empilhadores elétricos Linde X20 - X35 na gama de capacidade de carga de 2,0 a 3,5 toneladas são os primeiros a corresponder ao desempenho e robustez dos hidrostáticos Linde, enquanto oferecem os benefícios ambientais adicionais do funcionamento a bateria. Juntamente com os igualmente novos empilhadores elétricos para aplicações padrão (Linde E20 - E35), baseiam-se na mesma plataforma que os empilhadores de combustão interna Linde H20 - H35 lançados no final de 2019. Isto assegura prazos de entrega mais curtos, opções prontamente disponíveis e um conceito operacional quase idêntico para o operador.

Cada vez mais empresas estão a recorrer a empilhadores elétricos para tornar a sua intralogística tão sustentável e neutra quanto possível para o clima. Estes veículos movidos a bateria, não emitem quaisquer emissões durante o funcionamento e não produzem qualquer CO2 nocivo, desde que a eletricidade seja gerada a partir de fontes renováveis como o vento, a energia solar ou a biomassa. A única falha deste tipo de tração é o facto de, para certas aplicações, os empilhadores de combustão interna ainda demonstrarem superioridade. Até há pouco tempo, “muitos dos nossos clientes estavam interessados em mudar para empilhadores elétricos, mas não estavam dispostos a renunciar ao desempenho, à distância ao solo, à robustez, às cabinas de condução desacopladas e às características ergonómicas oferecidas pelos hidrostáticos da Linde", diz Björn Walter, Senior Product Manager Counterbalance Trucks da Linde Material Handling da Linde Material Handling. Para além da sustentabilidade, existem outras razões que tornam atrativa a utilização de empilhadores elétricos: energia autogerada, por exemplo, que permite que os empilhadores industriais sejam operados de forma rentável, ou os motores silenciosos que evitam a poluição sonora nas proximidades.

Os testes comparativos baseados no teste de desempenho certificado pelo TÜV desenvolvido pela Linde MH deram dois resultados chave: "Por um lado, a série Linde X20 - X35 foi tão potente como a Linde H20 - H35 em termos de manuseamento de mercadorias e, por outro lado, teve um desempenho significativamente melhor do que todos os veículos concorrentes no que diz respeito ao tempo e custos de manuseamento por palete movimentada", salienta o Gestor de Produto Sénior

Importante para aplicações no exterior é o facto de que os empilhadores Linde X20 - X35 podem manusear terrenos muito irregulares, tal como os empilhadores de combustão interna. Isto é possível graças à longa distância entre eixos, aos grandes pneus e aos rolamentos de anel de elastómero utilizados como amortecedores no eixo dianteiro. Estes impedem que vibrações e choques desencadeados por terrenos irregulares sejam transmitidos ao operador através das rodas. Tudo somado, isto reduz o stress físico de modo a tornar possível um nível consistentemente elevado de desempenho de trabalho, tanto pelo homem como pela máquina. Unidades totalmente seladas ou encapsuladas nos compartimentos da bateria e do motor garantem a impermeabilidade à sujidade e às partículas de pó. O sistema de iões de lítio desenvolvido pela Linde Material Handling fornece energia suficiente: consiste em baterias resistentes ao choque de alto desempenho e carregadores de dimensões variadas, todos concebidos para serem excecionalmente seguros.

Múltiplas vantagens do conceito de plataforma

Se um empilhador elétrico for necessário para uso interior em pisos industriais lisos ou se os corredores estreitos de prateleiras dificultarem o manuseamento de materiais, a versão tradicional do novo empilhador elétrico está disponível. As dimensões compactas dos modelos Linde E20 - E35 e o eixo de direção combinado desenvolvido pela Linde Material Handling permitem manobras de viragem no raio mais pequeno. Há também uma escolha de diferentes opções energéticas: bateria de chumbo-ácido, bateria de iões de lítio ou sistemas de células de combustível. As baterias existentes podem ainda ser utilizadas. Um porta-paletes é agora tudo o que é necessário para uma mudança lateral da bateria.

Tanto nas séries de empilhadores elétricos como os empilhadores com motor de combustão interna, as atuais gamas de modelos baseiam-se num mesmo conceito de plataforma. Isto significa que os operadores beneficiam de excelente visibilidade entre as secções do mastro, para os lados, para a retaguarda e para cima. Tal como a cabine de proteção contra intempéries com portas totalmente envidraçadas, a maioria das outras opções do empilhador de combustão interna também estão disponíveis para os empilhadores elétricos. O sistema opcional, totalmente integrado de ar condicionado com sistema de ventilação de oito bicos proporciona um potente arrefecimento e aquecimento para assegurar o conforto do operador e, assim, uma elevada produtividade em todas as condições ambientais, enquanto que o sistema opcional de assistência ao condutor "Linde Motion Detection" proporciona uma maior segurança: Os sensores registam o movimento por detrás do empilhador e impedem-no de fazer marcha atrás se houver pessoas ou outros veículos nas proximidades.

A geração de empilhadores 12XX também estabelece padrões em termos de disponibilidade operacional. Os requisitos de manutenção para a conceção robusta são baixos devido à sua reduzida suscetibilidade ao desgaste, e os conjuntos essenciais funcionam sem desgaste. Os processos de serviço em rede e o novo sistema de gestão da saúde do empilhador baseado na transmissão sem fios de dados do veículo ajudam a aumentar ainda mais a disponibilidade do veículo.

As peças intercambiáveis e a montagem mista criam vantagens

O conceito de plataforma e o maior número de peças intercambiáveis resultante criam outras vantagens, que vão desde a montagem num transportador de mistura comum e, portanto, uma logística mais simples, bem como uma maior flexibilidade em caso de flutuações de produção, até à possibilidade de troca de componentes entre diferentes modelos e a rápida readaptação de empilhadores de aluguer. Os três tipos de empilhadores têm uma disposição quase idêntica de elementos de controlo, o que significa que os operadores dificilmente notam quando mudam de veículo. Por último, mas não menos importante, novas opções estarão disponíveis simultaneamente para todos os modelos de cada classe de capacidade de carga respetiva. Como conclui Björn Walter: "A Linde Material Handling é o primeiro fabricante a oferecer aos seus clientes uma alternativa de empilhador elétrico intransigente ao lado dos seus empilhadores de combustão interna que ainda são os mais potentes do mercado"!